17 de January de 2022

Medo de compartilhar ideias nas redes sociais, e agora?

By Fernanda

Medo de compartilhar ideias, o que fazer quando ele aparece?

Trecho da live 05 segredos para FASCINAR o cliente

Lais: Quando a pessoa tem medo de falar o que pensa, se acha desinteressante a ponto de não querer mostrar sua próprias ideias. Acredita que que não vai se conectar com ninguém porque a pessoa tem a cabeça tão diferente, pensa que é diferente de todos. Qual a dica que você dá para elas?

Fernandda Menezes: Em primeiro lugar você tem que se desligar desta questão de popularidade. Você não é artista que precisa ter milhares de fãs para provar sua popularidade. Aliás você não precisa ser popular para ser importante!

Se quando você abre uma live ou quando faz um post somente cinco pessoas interagem com você.

Cuide desse contatos que se conectam com você pois eles acreditam em você e esse é o principal sentimento que você deve despertar neles!

Hoje o mais difícil é conquistar a confiança das pessoas.

Se você já tem 5 que te ouvem, vibre e estabeleça conversas com estes 5!

Viva sua responsabilidade em ser voz para essas cinco, porque a partir daí elas vão também se sentir fortalecidas e, em conjunto vocês vão comunicando mais, vocês vão aumentando mais essa ideia que você acredita ser tão diferente!

Com certeza existem muitas outras pessoas que pensam como você, mas que estão escondidas. Por que você não se comunica e ajuda elas?

Importância de expor suas ideias

Qual o produto ou serviço que mais se vende?

É aquele que se apresenta, aquele que se oferece!

Eu ouvir isso, certa vez, de uma amiga que trabalha com palestras de vendas e eu nunca mais esqueci.

Se você não se APRESENTAR, SE MOSTRAR, ninguém nunca vai saber sobre você, ninguém vai te CONHECER.

Ah mais eu penso muito diferente, não vou conseguir encontrar pessoas que pensam como eu?

De uma coisa eu tenho certeza, se você continuar ai, parada, realmente você não vai conseguir.


Leia também: Marca Pessoal Fortalecida em 3 passos


De quem ouvir conselhos

Quando você começa a conversar e se expor, a família e os amigos mais próximos começam a dizer: “Você deveria fazer assim, devia fazer “assado”, desta forma é o ideal para você.”

Neste turbilhão de conselhos você se perde e fica sem saber a quem ouvir.

Por isso é super importante saber quem são as pessoas ideais para te ajudar. Em hipótese alguma será a família e os amigos mais íntimos.

Quero te propor um exercício.

Você é uma jogadora, o estágio está cheio e você faz parte do time que está jogando.

Para jogar bem, você vai ouvir as instruções do time ou da plateia que está na arquibancada?

É óbvio que vai ouvir as instruções do time que está ali seguindo junto com você. Que tem o mesmo objetivo, fazer o gol.

Por que você ouve o time? Por que eles são aqueles que tem o mesmo aprendizado que você e estão naquela mesma página do livro.

É lógico que a arquibancada quer que você ganhe, porém ela não conhece sua estratégia e, que no início as coisas são melhor trabalhadas de forma que eles não compreendem.

Então, procura identificar quem são essas pessoas que podem te ajudar e que estão no mesmo nível que você. Falarei mais disso em outro momento.

Família, conselheira do medo

Por que a família não é boa conselheira?

Tive uma cliente que, na mentoria, trabalhou o medo de gravar vídeo e falar em lives e produzir conteúdos…

Quando ela começou a se posicionar a família inteira começou a dizer: vc está ridícula falando assim, esse assunto não é bom para vc falar, você pode se complicar…

Ela me ligou arrasada.

Foi preciso fazer um trabalho de fortalecimento da sua autoestima e uma dinâmica para ela perdesse o medo e entendesse quem são as pessoas que ela vai poderia dar ouvido, que estavam de acordo com suas reais convicções e objetivos.

Dessa forma ela pode escolher o que ouvir e o que não ouvir.

Pode também dá atenção aos tipos de networking que ela estava fazendo, quais as companhias profissionais com as quais ela estava se relacionando e principalmente quais os perfis de internet ela estava consumindo.

Estes são dois outros pontos super importantes no seu processo de SAIR da TOCA que eu promete trazer aqui em outro momento.

Se essa dica fez sentido para você comenta aqui embaixo.

Se você acredita que esse conteúdo é importante para um amigo, um parente ou um outro profissional que você conheça, compartilha com 5 pessoas!

Ajude-os a elevarem a AUTOESTIMA e assim conquistarem melhores e mais valiosas OPORTUNIDADES em suas vidas profissionais!

Eu fico até aqui e até a próxima.



imagem de mulher com blusa branca e pele clara

Sou Fernandda Menezes

Trabalho com coach de marca pessoal ajudando empreendedores a se reconectar com sua essência e encontrar seu lugar de destaque no mercado.

Quer destravar de uma vez por todas com a super ajuda de uma comunidade de pessoas que já passaram e outras que estão passando pelo mesmo que você? Entra na Comunidade Saia da Toca.

Me siga também nas minhas redes.